quinta-feira, 27 de junho de 2013

Episódio 6 - A carta de Wakingu! A grande surpresa!


“Se alguém encontrar esta carta é porque eu, o meu marido, e os meus dois filhos, uma de dois anos e outro de dez poderemos estar mortos. Pelos vermelhos. Por esses malditos vermelhos que só vivem para a tragédia dos outros.
No momento em que escrevo esta carta, os vermelhos acabaram de invadir a nossa cidade. Estão a destruir tudo pelo que nós lutamos para construir. Eu e o meu marido começamos a trabalhar ainda na flor da idade para darmos um futuro aos filhos que tivéssemos. Acabamos por ter dois filhos lindos, o Yoso e a Utsukushi. Fomos muito felizes até este momento. Não queremos morrer. Não queremos! Temos medo dos vermelhos. Temos receio da peste. Duvidamos que o governo possa fazer alguma coisa. Resta-nos a esperança em todos aqueles que continuam com coragem para lugar e que desobedeçam à lei se for esse o caminho para a nossa vitória.
Wakingu”

Tamashi leu aquela carta em lágrimas. O destino quis que a sua queda fosse precisamente ali, onde se encontrava aquele bilhete. Ao seu redor, quatro corpos sem vida, seria Wakingu, o seu marido, Yoso e Utsukushi. O que lhe mais custou foi ver o corpo da menina de dois anos. Ali, inerte. O sangue das vítimas ainda estava fresco, haviam sido apanhados há poucas horas atrás. Tamashi olhou com repulsa para Kyojin enquanto este se aproximava. Yuki levantou-se dos escombros e procurou por Tamashi.
- Tamashi! – exclamou Yuki – Temos que ir embora!
- Nem pensar! – ripostou Tamashi – Avança pela rua norte, o Seijin vai ver-te e apanhar-te. Eu tenho contas a ajustar!
- Tu não podes ficar! Vais morrer!
- FOGE DAQUI YUKI! – vociferou Tamashi em fúrias – FOGE DAQUI SENÃO SOU EU PRÓPRIO QUE TE MATO!
Yuki avançou pelos destroços das casas até à rua norte, Seijin que no céu  esperava por Tamashi e Yuki avistou-o. Chegou perto dele rapidamente.
- Onde está o Tamashi? – questionou – Onde?
- Ele ficou…
- Como assim ficou?
- Ele quer enfrentar o vermelho gigante.
- Mas ele enlouqueceu de vez?
A conversa dos dois foi interrompida por um grande estrondo. Kyojin havia caído. 

Sem comentários:

Enviar um comentário